Tire as melhores fotografias neste RVM 2022

Tire as melhores fotografias neste RVM 2022

O “Rali Vinho da Madeira” é considerado a maior manifestação automobilística de toda a Região, competição desportiva a realizar entre os dias 4 e 6 de agosto de 2022.

Deixo-lhe umas dicas para que possa tirar o melhor partido de cada momento neste RVM 2022. Boas Fotos!

Escolher a Velocidade do Obturador...


 A primeira coisa que me perguntam nos workshops é qual velocidade do obturador usar para fazer tirar fotos em movimento.  Isso depende com que rapidez o assunto se move. Primeiro, perceba que fotos em movimento com um assunto aplicam-se mesmo quando o resultado desejado é um assunto congelado no meio do movimento. "Quando o assunto passa com uma velocidade elevada no seu enquadramento, não pode ficar estático, mova-se, siga-o e congele o seu movimento com uma velocidade do obturador rápida. Se reduzir essa velocidade do obturador o assunto não ficará focado, irá surgir o que se chama "arrasto", é evidente. Mas qual será a velocidade do obturador ideal? Velocidade ideal é aquela que conseguir ter no momento, quanto mais melhor, assuma essa responsabilidade. ( Ex: 1/500 para cima )
Guarde esta dica: "Comece a seguir o assunto antes de pressionar o obturador, e continue a mover-se com ele após pressioná-lo. Seve segui-lo, sempre, exatamente como faria certamente com uma tacada de golfe.

Imagens Nítidas... 
Sei que garantidamente se esforça bastante para ter uma imagem focada. Uma foto com a imagem desfocada incomoda as pessoas; algo precisa estar nítido para manter os olhos delas na imagem." Se estiver a fotografar, digamos, ciclismo, mover-se com eles e fotografar a 1/1000 segundos irá congelá-los. Escolha 1/125 segundos, e foque em um corredor, e o seu rosto provavelmente estará bem nítido, mas seus braços e pernas serão um movimento desfocado, como o plano de fundo.  No caso de agora, ao fotografar rallye é muito mais simples pois a velocidade é toda por igual. 

Uso do Flash... 


Para garantir que algo estará nítido, use o flash e defina seu Speedlight para sincronismo de cortina traseira, uma técnica em que o flash dispara no final da exposição. Quando se combina o sincronismo de cortina traseira com baixas velocidades de obturador, um efeito de desfoque resultante da luz ambiente do cenário combinado com o flash apresenta padrões de fluxo de luz seguindo o assunto móvel; o movimento do assunto será congelado no final do fluxo de luz. Se tiver mais do que um flash use e abuse, pois o flash é o seu melhor amigo para congelar movimentos. Neste caso esqueça o modo TTl do flash e trabalhe em modo manual " coloque nele a mesma velocidade que está a usar na sua maquina". Geralmente este campo sobre flash gera sempre mais dúvidas, entre em contato comigo.3

Escolher um Foco...


Eu digo sempre aos meus formandos para usarem um único foco. O metering mode recomendo sempre, ponderação ao centro. Quando toca a desporto existe algo que pode ser muito vantagoso, podem trabalhar com os pontos de focagem em 3d " É uma opção possível no seu equipamento". Qual a vantagem? Como falei desde o início, devemos sempre seguir o assunto, antes de ele chegar junto de nós, prepararmo-nos o quanto antes, com um bom enquadramento e o foco perfeito, é aí que os pontos de focagem em 3d entram, porquê? Quando pressionado o disparador até meio para fazer bloqueio da composição fotográfica e sua focagem, ele segue sempre o objeto, mesmo que ele fuga do seu ponto de focagem. Enquanto se tiver programado um único ponto de focagem, pode correr o risco, para ficar o objeto focado, perder o enquadramento desejado.
MODO CONTÍNUO – AI Servo AF (Canon), AF-C (Nikon) . Depois que você focou em um determinado objeto (assunto), a câmara manterá focado nele enquanto o botão estiver pressionado até meio, ainda que o assunto se mova. 
Uso na prática – é muito usado para fotografar desporto ( assuntos em alta velocidade) 

A Questão da Distância... 


Quanto mais distante estiver o assunto, mais lento irá parecer e mais fácil será acompanhar durante a foto. Mas quanto mais perto do plano de fundo, mais fortes a impressão e sensação visual de velocidade. Esses cálculos de distância também irão afetar sua escolha de lente. "Se tentar acompanhar um carro de rallye a partir de um ponto próximo à pista com uma lente de 50 mm será complicado. É melhor se distanciar, até mesmo chegando à altura de ter de usar uma lente 70-200mm. Desse modo, o movimento do corredor parecerá mais lento, facilitando a fotografia.

Plano de Fundo... 


A ideia usual de precisar de um plano de fundo limpo quando se está a fotografar desporto, não se aplica para as fotos em movimento. Não importa se há muitas coisas no fundo, pois estarão em movimento. "E quanto mais coisas, mais movimento."

As vantagens do estabilizador. 


"O recurso VR (Nikon) ou IS ( Canon) é (Redução de Vibração) em várias lentes, torna a técnica para tirar fotos em movimento muito mais consistente e muito mais fácil de ser executada, a percentagem de boas imagens aumenta consideravelmente quando se usa o recurso." O estabilizador ativo é recomendado quando um fotógrafo está fotografando a partir de um veículo em movimento, um barco, autocarro, helicóptero. Pois é, o estabilizador não é somente para quando estamos a fotografar algo em movimentos, é também, para quando somos nós que estamos em movimento.

Cuidado com a sua segurança

Alguma dúvida não hesite

Pedro Carvalho (email:pedro.carvalho@carvalhoatwork.com)

Bem Haja

Voltar para o blogue